Violência psicológica

Quando falamos ou ouvimos coisas sobre abusos ou relacionamento abusivo, logo associamos em violência física. A violência tem várias facetas e várias pessoas nem se quer conhecem ou ouviram falar em violência psicológica.

É um tipo de violência que assombra a sociedade desde a antiguidade, tanto em homens como mulheres, que vem trazendo em suas bagagens de vida traumas e um enorme sentimento de culpa por não se enquadrar no padrão “FAMÍLIA PERFEITA”. Muitas das atitudes e comportamentos como discussões exageradas, ofensas, humilhações, ridicularizações começam a serem aceitas no cotidiano da vítima e da sociedade como “normal”, como fosse normal ofender uma mulher verbalmente!

É CONSIDERADO ABUSO POR VIOLÊNCIA PSICOLÓGICA QUAISQUER PALAVRAS OU ATITUDES QUE CAUSAM DANOS EMOCIONAIS OU ABALAM A AUTOESTIMA DA VÍTIMA.

O comportamento do agressor é totalmente destrutível estando em um patamar de controle absoluto, manipulando ou depreciando a vítima. Sempre com objetivo de punir e testar todos seus limites. Esses tipos de relacionamentos podem ser comuns entre famílias (pais e filhos), no trabalho (chefes e funcionários), Amoroso (marido e esposa ou namorados) e amizades.

Boa parte das mulheres que sofrem este tipo de agressão se sentem péssimas, porém não sabem identificar a causa da agressão.

Como Identificar um Abuso Psicológico

Confira alguns exemplos:

• O agressor ignora e finge que você não existe;

• Evita qualquer tipo de comunicação;

• Espera que você o bajule após ter feito algo errado (mesmo que isso tenha acontecido apenas na cabeça dele);

• Deixa você preocupada enquanto some por horas ou dias;

• Mudanças de humor aleatórias;

• Faz comentários sarcásticos;

• Te ignora na frente de outras pessoas;

• Corta você quando está conversando com outras pessoas;

• Te chama de mentiroso (a);

• Te faz sentir culpado (a); • Vai te fazer sentir medo, deprimido, insignificante e tem prazer nisso.

É curioso, na maioria das vezes após essas diversas desculpas, após insultos, humilhações e ofensas eles se comportam de maneira fria, se fazendo de desapercebidos mediante ocorrido. E você fica com aquela sensação de frustração e “culpa”, por ter causado todo aquele mal estar! Por diversas vezes se pega pensando “Por que sou assim?”; “porque não consigo manter a paz?”; “eu faço tudo errado”; “Que vontade de morrer!!!”

Já parou para refletir que você pode estar sofrendo ou vivendo um relacionamento abusivo? Todas as vezes que a mulher alimenta essa culpa, medo e tristeza mais ela fortalece esse comportamento hostil do parceiro.
Eles agridem verbalmente e/ou fisicamente para esconder o fracasso que eles são como pessoas, porque no fundo eles se sentem inferiores e necessitam se autoafirmarem o tempo todo, menosprezando sua parceira. Isso acontece porque este perfil de homem se acha “O TODO PODEROSO”, “O SABE TUDO!”…

Se este texto fizer sentido pra você, procure ajuda psicológica o mais rápido possível! Lembre-se: sua vida não é perda de tempo! Você tem muito valor! Se permita ser ajudada!🤝🏼🤝🏼

Edna Glauber

Psicóloga Cognitivo Comportamental e Life Coach.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Post Relacionados

Afinal o que leva uma pessoa a violentar a outra?

Com tantos anos de experiência já vi e ouvi de tudo relacionado a tipos de violência sexual, doméstica entre outros.…

Construindo pensamentos positivos!

Responsa a si mesmo: Seus pensamentos estão alinhados com seus interesses?Você tem pensamentos distorcidos que te afastam do seus objetivos?…

Os efeitos das drogas no trânsito

Neste artigo, pretende-se destacar a importância da psicologia do trânsito para auxiliar uma possível mudança de comportamento e a importância…

Qual a diferença de Coaching e Psicoterapia?

São processos distintos e podem trabalhar em parceria, porém com propósitos diferentes. A psicoterapia é um processo que permite resultados…